Primavera dos Museus começa nesta segunda-feira (17)

Começa nesta segunda-feira (17) a 12ª Primavera dos Museus. Com programações até o dia 23 de setembro, a temporada 2018 contará com a participação de 900 instituições, somando 2.787 eventos em todo o país. Com o tema “Celebrando a Educação em Museus”, o evento propõe uma reflexão sobre as principais funções do museu: educar e contribuir no despertar de interesse para diferentes áreas do conhecimento, a vida em sociedade, a importância das memórias e o valor do patrimônio cultural musealizado.
Durante a Primavera, será realizado o lançamento e a divulgação do Caderno da Política Nacional de Educação Museal (PNEM), no Museu Casa Histórica de Alcântara (MA), no Museu Vitor Meirelles (SC) e no Museu das Missões (RS).
No Rio de Janeiro, o Museu Histórico Nacional oferecerá, no dia 17/9, as oficinas “A aplicabilidade da Política Nacional de Educação Museal” e “Baú da História da Educação Museal para profissionais do campo, demonstrando a aplicabilidade dos princípios e diretrizes da PNEM”. Já o Museu da República realizará o seminário ‘A função educacional dos museus 60′. O objetivo é avaliar e discutir sobre o Seminário Regional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que ocorreu em 1958 no Rio de Janeiro, e quais serão os desafios nos próximos 60 anos para educação museal.
O Museu da Inconfidência (MG) sediará, de 18 a 21 de setembro, o 1º Seminário de Educação em Museus de Ouro Preto. O evento vai reunir diversos profissionais para debater questões e desafios sobre o tema. Haverá também apresentações das ações educativas dos museus de Ouro Preto e de Minas Gerais. O Museu Regional de São João Del Rei (MG) promove, entre 17 e 18 de setembro, o I Seminário de Educação Museal da Rede de Educadores de Museus Campos das Vertentes.
Instituto Brasileiro de Museus
Ministério da Cultura

CNIC aprova 97 projetos para captar recursos via Lei Rouanet

A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) encerrou a deliberação sobre os projetos avaliados durante a 281ª reunião ordinária, realizada entre os dias 11 e 13 de setembro. Durante a reunião, a CNIC foi favorável a que proponentes de 97 propostas captem recursos pelo mecanismo de incentivo fiscal da Lei Rouanet (Lei 8.313/1991). Os projetos aprovados receberam autorização para captar até R$ 99,5 milhões com patrocinadores.
O maior número de projetos aprovados vem da área de artes cênicas, com 39 propostas. Seguem-se música, com 23, humanidades, 15, e patrimônio cultural, 10. O setor de audiovisual teve 5 propostas aprovadas, enquanto o de artes visuais obteve 4 aprovações e o de museus e memória contou com 1 projeto aprovado.
Qualquer cidadão pode acompanhar os projetos aprovados via Lei Rouanet, pelo Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura (Salic). O usuário tem acesso aos dados básicos dos projetos, como, por exemplo, nome e CNPJ do proponente, data de início e término do projeto, valores aprovados para captação e montantes realmente captados de cada um deles.
A Comissão
A CNIC é um colegiado de assessoramento formado por representantes dos setores artísticos, culturais e empresariais, com paridade da sociedade civil e do poder público. Os membros da sociedade civil são provenientes das cinco regiões brasileiras, representando as áreas das artes cênicas, do audiovisual, da música, das artes visuais, do patrimônio cultural, de humanidades e do empresariado nacional.
Para entrar em vigor, as decisões da CNIC precisam ser homologadas pelo secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (MinC). Os proponentes devem acompanhar seu projeto por meio do Salic, uma vez que as comunicações e solicitações complementares, caso necessárias, se dão exclusivamente por essa ferramenta.
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

Encontro Intersaberes

Encontros Intersaberes

Tema: Como a Cultura Pode Contribuir Para Reerguer a Economia do Rio

A cultura é fator chave para que o Rio volte a crescer. Para debater esse tema central duas empreendedoras responsáveis por eventos ícones, o Festival de Cinema do Rio e o Carnaval de Rua, falarão dos desafios e da importância desses eventos para a cidade. O gerente da Casa Firjan, que faz o mapeamento da indústria criativa no Brasil desde 2008, apresentará um panorama da força e das características dessa atividade no Rio e no País.

Abertura e Mediação:

Kátia de Marco – Presidente ABGC e Coordenadora de Acadêmica do MBA em Gestão Cultural

Yole Mendonça – Coordenadora de Conteúdo do MBA em Gestão Cultural

 

Palestrantes: 

Ilda Santiago – Diretora do FestRio – Festival de Cinema do Rio

Rita Fernandes – Presidente da Sebastiana – Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro

Gabriel Bicharra Santini – Gerente de Indústria Criativa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – Firjan

 

Data: 19/09/2018

Horário: das 18 horas às 20h30

Local: Auditório 4º and. –  Centro Cultural Banco do Brasil -CCBB

Rua Primeiro de Marco, 66

Entrada franca com retirada de senha uma hora antes do evento.

Informações: pecs@candidomendes.edu.br

Produção de Artes Cênicas

01 e 15 de setembro

Profa Cinthya Grauber

01 e 15 de setembro das 13h às 17h, e 20 de outubro das 8h às 17h

Carga horária: 16 horas

O Curso abordará a compreensão e discussão de alguns conceitos de cultura, teatro e produção. Em seguida, abarcaremos passo a passo os itens que Constituem uma produção teatral e a relação que se estabelece entre eles do ponto de vista do planejamento até a execução, chegando à avaliação de resultados.

Valor: R$ 670,00

Parcelado em até 2x no cartão

Inscrições pelo email: pecs@candidomendes.edu.br ou no telefone (21) 3543-6489

Plano Museológico

20 e 27 de outubro

Profa. Célia Corsino

Abordará a criação, a organização e o desenvolvimento de museus. Falará de como formular o plano museológico, fazer estudos diagnósticos e elaboração do plano estratégico, e a elaboração da missão, visão e valores institucionais. Apresentará estudos de casos.

20 e 27 de outubro das 9h às 18h

Carga horária: 16 horas

Valor: R$ 670,00

Parcelado em até 2x no cartão

Inscrições pelo email: pecs@candidomendes.edu.br ou no telefone (21) 3543-6489

 

Produção Musical

01 e 15 de setembro

Profa. Daniela Mazolla

Trará noções gerais das funções dos produtores – geral, artístico, musical – e falará da estruturação e gerenciamento de projetos na área de produção musical e das atribuições do produtor musical. Abordará o planejamento das etapas de pré-produção e produção de shows: orçamento, cronograma, legislação. Falará também de shows em espaços abertos e em locais fechados, licenciamentos e logística técnica para shows de médio e grande porte e de produção de CD e DVD.

01 e 15 de setembro das 8h às 12h, e 29 de setembro das 8h às 17h

Carga horária: 16 horas

Valor: R$ 670,00

Parcelado em até 2x no cartão

Inscrições pelo email: pecs@candidomendes.edu.br ou no telefone (21) 3543-6489

 

 

 

Museus e Desenvolvimento Social

15 e 29 de setembro

Profa. Me. Kátia de Marco 

O curso tem como objetivo proporcionar o entendimento acerca da ampliação do impacto social e econômico do campo da cultura nas sociedades contemporâneas e refletir sobre a nova dimensão social assumida pelos museus na atualidade, como alicerce do desenvolvimento sustentável e da inclusão social.

Carga horária: 08 horas – 9h às 13h

Valor: R$ 340,00

Parcelado em até 2x no cartão

Inscrições pelo email: pecs@candidomendes.edu.br ou no telefone (21) 3543-6489

 

Produção de Carnaval

04 e 18 de agosto 

Profa. Milton Cunha 

O curso fará um breve histórico do carnaval, abordando as escolas de samba, os blocos, os bailes, as estruturas de poder, a relação com o marketing e os cases de sucesso, os enredos patrocinados, e a cadeia produtiva. Mostrará ao aluno o mercado de trabalho relacionado ao carnaval, levantando as possibilidades de projetos de projetos e captação, sem conflitar ou distorcer com os aspectos culturais da festa representante da identidade brasileira.

Carga horária: 08 horas

Valor: R$ 340,00

Parcelado em até 2x no cartão

Inscrições pelo email: pecs@candidomendes.edu.br ou no telefone (21) 3543-6489

3º Seminário Tecnologia e Cultura

 

O Centro de Memória e Informação da Fundação Casa de Rui Barbosapromove, nos dias 27 e 28 de agosto, o 3º Seminário Tecnologia e Cultura. O evento visa discutir as novas questões geradas pela utilização das tecnologias de informação e comunicação nas áreas de arquivos, bibliotecas e museus.

A participação é gratuita porém é necessária a inscrição online para controle quantitativo de inscritos e emissão de certificado. Elas estarão abertas até o limite máximo da capacidade do auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa.

Acesse o link para fazer a inscrição: http://conferencias.casaruibarbosa.gov.br/index.php/stc/stc3/schedConf/registration.

A comissão organizadora recebe propostas para apresentação de trabalhos entre os dias 20 de junho a 16 de julho de 2018.

Serão aceitos trabalhos que tenham como foco conteúdos ligados à interoperabilidade entre a Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia promovida pela Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs).

Poderão submeter trabalhos alunos de graduação (neste caso, acompanhados de seus orientadores), graduados, de pós-graduação, bem como profissionais e professores.

Para submissão de trabalhos clique aqui:
http://conferencias.casaruibarbosa.gov.br/index.php/stc/stc3/author/submit

:: Informações:
Data: 27 e 28 de agosto de 2018
Local do evento: Fundação Casa de Rui Barbosa – Rua São Clemente 134, Botafogo – Rio de Janeiro
Site: http://conferencias.casaruibarbosa.gov.br/index.php/stc/stc3/user
Dúvidas: memoria@rb.gov.br

:: Comissão organizadora:
Fundação Casa de Rui Barbosa / Centro de Memória e Informação
Grupo de Pesquisa de Tecnologias e Comunicação em Instituições de Memória (GPTICIM)