I Colóquio Gestão da Cultura

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default”][vc_column_text]

16 de Outubro de 2017

Segunda, 14h30 às 17h30.

Fundação Casa de Rui Barbosa. Rua São Clemente, 134 – Botafogo.

Entrada franca.

Será concedido certificado aos participantes.

 

O colóquio integra a agenda de trabalho da Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Gestão da Fundação Casa de Rui Barbosa, e tem por objetivo iniciar um ciclo de discussão sistemática sobre o tema da gestão no campo cultural.

Pretende-se neste primeiro evento explorar as relações gerais entre capacidades estatais, arranjos institucionais e formatos organizacionais no contexto de implementação de políticas culturais em um sistema político democrático. Se por um lado o Estado deve possuir as capacidades necessárias para implementar as políticas públicas deliberadas, por outro, arranjos institucionais democráticos e participativos requerem habilidades dos agentes públicos que excedem a mera capacitação técnica para a alocação ótima de recursos com base nos critérios clássicos de caráter instrumental: eficiência, eficácia, efetividade e excelência no uso dos meios disponíveis e escassos. Novas exigências de legitimação se impõem para além daqueles concernentes à constituição de governos representativos pela via eleitoral e ao desempenho na consecução de agendas programáticas. Para fazer frente a essas realidades são requeridos formatos institucionais que conjuguem mérito, flexibilidade, porosidade participativa e controle social, conforme as peculiaridades de cada campo de política pública.

Informações: casaruibarbosa.gov.br

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *