Palavras que transformam: Projeto espalha significados positivos em espaços danificados na cidade

A ideia é intervir em lugares que precisam de reformas, como escolas, quadras esportivas, mobiliários urbanos, muros e ruas, transformando esses espaços em plataformas que compartilham palavras que a própria comunidade ajuda a escolher eprovocando conversas sobre o tema entre as pessoas.

O projeto Palavras que Transformam é idealizado pela Shoot The Shit, e saiu do papel assim que a Alma Engenharia decidiu entrar como parceira. Juntas, as duas empresas definiram um local para a primeira intervenção e começaram a botar o projeto em prática.

A intervenção escolhida para ser a primeira reforma do projeto foi a revitalização da quadra esportiva da Escola Estadual Brigadeiro Silva Paes, localizada no bairro Teresópolis, zona sul de Porto Alegre. A quadra, que não estava apropriada para a utilização dos alunos, hoje conta com um piso totalmente novo, goleiras reformadas e novas tabelas de basquete.

Além dessas melhorias, a palavra escolhida pela comunidade escolar, “Empatia”, agora estampa a nova quadra esportiva e espalha para crianças e pessoas da escola o significado dessa atitude tão importante para os dias atuais.

EMPATIA

substantivo feminino

  1. Faculdade de compreender emocionalmente um objeto (um quadro, por exemplo).
  2. Capacidade de projetar a personalidade de alguém num objeto, de forma que este pareça como que impregnado dela.
  3. Capacidade de se identificar com outra pessoa, de sentir o que ela sente, de querer o que ela quer, de apreender do modo como ela apreende etc.

Confira o processo da primeira reforma:

O antes e o depois!

Todo o histórico do projeto está disponível no Instagram do Palavras que Transformam!

A ideia do projeto “Palavras Que Transformam” é realizar mais reformas cada vez mais. A equipe está atrás de novos locais que precisem da transformação, assim como pessoas para doar e apoiar com materiais necessários. Através da arte e de palavras com o poder de mudar o mundo, o objetivo é fazer da cidade um lugar mais acolhedor, vivo e humano.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *