Ranking mundial de visitação em 2018 traz exposições brasileiras

A revista britânica The Art Newspaper divulgou o resultado de sua pesquisa anual sobre as exposições e museus mais visitados no ano de 2018 e o Brasil aparece na lista com 64 exposições. A mostra FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, realizada no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (CCBB-RJ), de 13 de abril a 4 de junho de 2018, atraiu 264.922 visitantes e aparece na 11ª colocação mundial das exposições mais visitadas e em terceiro lugar no ranking TOP 10 Contemporary.

Desde a primeira vez que participou da pesquisa, ainda em 2011 com as mostras realizadas em 2010, o Brasil vem se destacando. Entre os 100 museus de arte mais visitados em 2018, cinco são brasileiros: o CCBB-RJ, que recebeu 1.388.664 visitantes em 2018, ocupando o 42º lugar; o CCBB-Brasília, com 1.146.995 visitantes, na 57ª colocação; o CCBB-SP, com um público de 931.980 pessoas (85º lugar); o Instituto Tomie Ohtake, com 898.147 visitantes (92º lugar), e o CCBB-BH, com um público de 893.772 visitantes (93º lugar).

Outras instituições brasileiras estão presentes na lista de exposições mais vistas. Além das citadas acima, estão ainda a Caixa Cultural Brasília, a Caixa Cultural São Paulo, a Casa Fiat de Cultura, o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP), o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), o Museu Nacional do Conjunto Cultural da República Honestino Guimarães, o Museu Oscar Niemeyer e a Pinacoteca do Estado de São Paulo.

A publicação destaca que, a cada ano, o CCBB tem aparecido regularmente entre as 20 mais visitadas e que, entre outros fatores, a gratuidade nas exposições tem sido fator atrativo para o público. Nos rankings temáticos, o CCBB-RJ também se destaca com a mostra Ex África, realizada de 20 de janeiro a 26 de março de 2018, com 261.647 visitantes. Já a mostra Museu do Futebol na Área, realizada no CCBB-BH, de 15 de agosto a 15 de outubro, atraiu um público de 160.983 pessoas.

Na categoria Top 15 big ticket attractions, a 11ª Bienal do Mercosul: Triângulo do Atlântico, em Porto Alegre, atraiu um público de 626.357 pessoas.

Destaque para a Arte Brasileira

No ranking figuram também duas exposições que mostravam trabalhos de artistas brasileiros: a mostra Tarsila Do Amaral: Inventing Modern Art in Brazil, realizada no Museu de Arte Moderna de Nova York entre 11 de fevereiro e 3 de junho de 2018, que atraiu 258.313 visitantes; e a Works from Argentina and Brazil, no Getty Center de Los Angeles, de 16 de setembro de 2017 a 11 de setembro do 2018, com 255.004 visitantes.

Confira o encarte (PDF) especial da publicação britânica The Art Newspaper – Visitor Figures 2018, que apresenta e analisa os números de visitação a museus e exposições em todo o mundo.

Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *