Secretaria de Estado de Cultura lança Programa de Ocupação de imóveis ociosos (POC-RJ)

By outubro 6, 2017Noticias
Fonte da imagem 

Secretaria de Estado de Cultura lança Programa de Ocupação de imóveis ociosos para ampliar a produção cultural nas dez regiões fluminenses

POC RJ estará disponível para todos e vai privilegiar as áreas de linguagens artísticas, audiovisual, artes visuais, espaços de memória e salas de leitura

Para ampliar o acesso aos bens culturais no estado, promover e estimular a produção artística e manifestações culturais das dez regiões fluminenses com a valorização de recursos humanos e conteúdos locais, a Secretaria de Estado de Cultura criou o Programa de Ocupação Cultural do Estado do Rio de Janeiro – POC RJ. E o que é o POC RJ? É a destinação de uso de imóveis de propriedade do estado do Rio de Janeiro, que estejam ociosos, para fins culturais e artísticos nas diversas regiões fluminenses. Ou seja, coletivos, artistas, produtores culturais, e prefeituras que quiserem apresentar suas ocupar imóveis, especificamente nas áreas de linguagens artísticas, audiovisual, artes visuais, espaços de memória e salas de leitura, poderão encaminhar uma sugestão de imóvel para o Secretário de Estado de Cultura André Lazaroni, que requisitará a utilização do espaço que esteja ocioso. Tal iniciativa, inédita, garante uma ampla movimentação em todo estado, com mais opções de acesso a programação cultural, junto ao público. Inicialmente, estima-se em cerca de 30 o número de imóveis que estarão disponíveis para ocupação cultural.

A Secretaria de Estado de Cultura vai fazer a gestão do POC RJ de forma compartilhada com instituições do setor cultural sem fins lucrativos, com instituições da iniciativa privada, prefeituras dos 92 municípios fluminenses, e ainda o Conselho Estadual de Política Cultural do RJ. Os imóveis estão em processo de mapeamento e pesquisa para imediata seleção. A distribuição do POC RJ prioriza as regiões Metropolitana, Capital, Baixada Fluminense, Leste Fluminense, Noroeste Fluminense, Norte Fluminense, Serrana, Baixadas Litorâneas, Médio Paraíba, Centro-Sul e Costa Verde. Para a destinação cultural dos imóveis, será dada uma atenção especial em áreas de territórios periféricos ou populares, com notada ausência de equipamentos culturais na cidade e/ou região. O POC RJ se configura como estratégico marco da gestão André Lazaroni, em prol do desenvolvimento da Cultura Fluminense.

Reuniões de apresentação do POC RJ já confirmadas:
Dia 5/10 – 11h: Biblioteca Municipal Governador Leonel Moura Brizola, Duque de Caxias
Dia 10/10 – 13h30: Palácio Barão de Guapi – Antiga sede da Câmara Municipal, Barra Mansa
Dia 18/10 – 14h: Cine Estação ? São Pedro da Aldeia
Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.g

Fonte

Leave a Reply

X